10 curiosidades sobre Enfermeiras que vais querer saber

Curiosidades sobre Enfermeiras que vais querer saber

A profissão de enfermeira é uma das mais importantes do mundo. Mas sabias que há uma série de curiosidades sobre enfermeiras que vale a pena conhecer? Vem daí!

Nestes tempos de pandemia, ficou bem marcada a importância dos Enfermeiros na resposta aos muitos casos de covid-19 que abalaram os sistemas de saúde por todo o mundo.

Mas nem tudo são desafios trágicos numa profissão que combina conhecimentos científicos com a compaixão e a entrega aos outros.

  • Aproveita para saber como seguir uma carreira em Enfermagem
  • Vem conhecer 10 curiosidades sobre Enfermeiras

    Assim, vamos dar-te a conhecer algumas curiosidades sobre Enfermeiras que vale a pena descobrir – até em jeito de homenagem a estes profissionais tão valorosos!

    1. 90% dos Enfermeiros são mulheres

    Acredita-se que a primeira Escola de Enfermagem arrancou na Índia no ano de 250 Antes de Cristo. E, como é evidente, naquela altura só poderia ser frequentada por estudantes masculinos.

    É um dado peculiar numa profissão que, atualmente, é dominada por mulheres.

    Cerca de 90% de todos os Enfermeiros que existem são mulheres, de acordo com o relatório “The State of the World’s Nursing 2020” que foi divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

    Este relatório também nota que há “poucas Enfermeiras” em “posições de liderança na Saúde” e que “a maior parte dessas posições é ocupada por homens”.

    2. A honestidade das Enfermeiras

    Sabias que os Enfermeiros estão entre os profissionais vistos como mais honestos nos EUA? É o que diz um inquérito feito, anualmente, pela empresa de sondagens Gallup Poll.

    A Enfermagem costuma bater profissões como as de Médicos e Farmacêuticos nesta sondagem sobre as atividades mais honestas.

    Além disso, fica à frente de profissionais como Psiquiatras, Polícias e até Padres, o que dá uma ideia do grau de confiança que motiva nas pessoas.

    3. As origens do uniforme das Enfermeiras

    A inglesa Florence Nightingale é vista como a “mãe” da Enfermagem moderna, pois foi ela quem iniciou muitas das práticas sanitárias que ainda são utilizadas hoje.

    Mas foi também ela a influenciar o modo como as Enfermeiras se vestem, criando também a famosa “touca” que as caracteriza.
    Florence Nightingale inspirou-se nos trajes das freiras que, outrora, eram as responsáveis por cuidar dos doentes, usando véus e lenços na cabeça.

    Assim, teve a ideia de criar uma “touca” que ficasse no topo da cabeça, para segurar os cabelos das Enfermeiras, mas sem atrapalhar o seu trabalho.

    4. O símbolo da Enfermagem

    A profissão é representada por uma lâmpada. Sabes porquê? A “culpa” é também de Florence Nightingale que costumava caminhar com uma lâmpada, durante as noites, para poder ajudar soldados feridos durante épocas de guerra.

    Florence Nightingale era mesmo conhecida como “a senhora da lâmpada”, pelo que a sua imagem de marca acabou por se tornar no símbolo da Enfermagem.

    5. As longas caminhadas das Enfermeiras

    As Enfermeiras caminham, em média, entre 6 e 8 quilómetros por cada turno de 12 horas. Os cálculos são de um estudo feito em 2006 pelo MEDSURG Nursing, o jornal oficial da Academia Médico-Cirúrgica de Enfermeiras (AMSN).

    Em comparação, a maioria dos americanos só caminhará entre 3 e 5 quilómetros num dia de 18 horas acordados, conforme aponta o site Travelnursing.com que divulga o estudo da AMSN.

    6. 2020 foi o Ano da Enfermeira e da Parteira

    A OMS designou 2020 como o “Ano da Enfermeira e da Parteira” numa forma de reconhecer o seu especial contributo para a saúde das pessoas. Esse contributo tem sido especialmente essencial durante a pandemia de covid-19.

    Mas desde sempre, as enfermeiras são, muitas vezes, o primeiro elo de contacto entre as comunidades e os sistemas de saúde.

    7. A origem da palavra Enfermeira

    Só por volta do Século 16 é que se começou a usar a palavra Enfermeira para descrever “uma mulher que cuida de doentes”. Antes disso, era associada a uma ama de leite, isto é, uma mulher que amamenta ou que cuida.

    Portanto, no Século 13, o papel das Enfermeiras estava mais associado à palavra do Latim “nurtrire”, ou seja, aquela que nutre.

    Entretanto, o conceito foi evoluindo.

    Hoje em dia, o Dicionário da Língua Portuguesa define uma Enfermeira ou Enfermeiro como o “profissional de saúde, habilitado a cuidar de doentes em hospitais, clínicas, empresas, escolas, etc., ou no domicílio”.

    Mas o Dicionário ainda fala da Enfermeira como a “pessoa que cuida carinhosamente de um doente”.

    8. Enfermeiras sofrem muito de dores de costas

    As Enfermeiras correm muitos riscos de sofrerem de dores de costas. A conclusão é de um estudo do Departamento do Trabalho dos EUA que assinala que as Enfermeiras relatam cerca de 35 mil lesões nas costas por ano.

    São as consequências do trabalho de quem tem de empurrar e arrastar as camas e as cadeiras de rodas dos pacientes, bem como levantá-los e ajudá-los a movimentarem-se.

    Além disso, acumulam ainda a tensão de todos os cuidados e da preocupações com os doentes.

    9. Enfermeiras dominam em muitos hospitais

    A importância das Enfermeiras, e dos Enfermeiros, na organização de um hospital é tanta que muitos têm mais destes profissionais ao serviço do que Médicos.

    Nos EUA, esse é o cenário típico. Há dados que indicam que, na maioria dos hospitais, há 4 vezes mais Enfermeiras nas equipas do que Médicos.

    Isto ajuda a explicar porque é que a profissão continua a crescer bastante ao longo dos anos – e as oportunidades continuam a existir!

    10. Faltam 6 milhões de Enfermeiros em todo o mundo

    O relatório “The State of the World’s Nursing 2020” divulgado pela OMS assinala que ainda há uma falta de 5,9 milhões de Enfermeiros em todo o mundo.

    A organização nota que o problema sente-se, sobretudo, em países de África, do Sudeste Asiático, da região do Mediterrâneo Oriental e em algumas zonas da América Latina.

    Mas também é preciso contar ainda com a reforma de muitos dos Enfermeiros que estão atualmente no ativo. Assim, a OMS prevê que “uma em cada seis Enfermeiras” em todo o mundo “deverá aposentar-se nos próximos 10 anos”.

    Em conclusão…

    Portanto, se procuras uma profissão com emprego garantido, a Enfermagem é uma excelente opção. Ainda mais se gostares de ajudar os outros e se quiseres contribuir para um mundo melhor.

    E então, gostaste destas curiosidades sobre enfermeiras? Esperamos que tenhas ficado a conhecer melhor a profissão.

    E não te esqueças de deixar o teu testemunho! Queremos saber o que pensas sobre o assunto ou conhecer a tua experiência profissional.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Rolar para cima