Como montar um CV perfeito em 2022? Uma check-list infalível

Como montar um CV perfeito

Sabes quanto tempo é que um empregador passa, em média, a olhar para um currículo antes de decidir se vale a pena, ou não, considerar um candidato? Uns segundos! Aproveita para seguir estas dicas de como montar um CV perfeito para conquistar aquele emprego de sonho.

Só de pensar em elaborar um currículo para responder a uma oferta de emprego já dá um bocadinho de preguiça, pois é uma tarefa que exige planeamento e muita capacidade de resumo. Além disso, é preciso saber adaptar o currículo a cada função e empresa que estiver em causa.

Na hora de perceber como montar um CV perfeito é preciso pensar em vários detalhes que vão desde o aspeto ao conteúdo, passando pela forma como se organizam os tópicos e a informação em geral. Mas a tarefa pode ser mais fácil do que estás a pensar neste momento.

Mas, para te facilitar as coisas, vamos explicar-te como montar um CV perfeito com uma espécie de check-list.

Assim, passa os olhos pelas nossas sugestões e começa, já hoje, a construir um currículo que conquiste o teu próximo chefe!

Como montar um CV perfeito em 7 passos

Vamos dividir as nossas dicas por sete áreas principais que vão desde o aspeto ao conteúdo, mas passam também pelas tuas competências e pela experiência em si. Vamos começar!

1. Lembra-te: a primeira impressão conta muito

Antes de mais, tens de ponderar várias questões relacionadas com o aspeto e a forma do teu currículo. Lembras-te daquela ideia de que os empregadores só perdem uns segundos a analisar o CV de um candidato a emprego? Se não lhe agarrar a atenção, vai logo para a pilha dos rejeitados

Assim, deves ter em conta estes aspetos na hora de construir o teu currículo:

  • CV único e que não pareça mais uma cópia de um qualquer template/modelo
  • Fácil de ler com a informação bem organizada
  • Design/Aspeto profissional
  • Incluir resumo de carreira para mostrar de imediato qual é a tua mais-valia para o cargo.

Aproveita para comprar o ebook “Guia Prático – Como fazer um CV que Marque a Diferença” para aprenderes a valorizar o teu currículo da melhor forma.

2. Toma nota: as aparências iludem

A questão do aspeto de que falamos anteriormente é importante em termos de aparência em si, ou seja, das escolhas relacionadas com as questões mais práticas da redação de um documento que se quer destacar.

Deste modo, tem o cuidado de:

  • Elaborar um currículo com bom aspeto visual (e se for para imprimir, até podes usar um tipo de papel original)
  • Adequar o tipo de letra usado à tua área profissional e ao tipo de empresa a que concorres (por exemplo, usar uma letra artística para uma empresa mais conservadora e tradicional é uma péssima ideia!)
  • Usar elementos de design, como, por exemplo, linhas, negritos e pontos, de forma equilibrada para ajudar a leitura
  • Definir margens idênticas dos dois lados do currículo
  • Confirmar que os tamanhos de letra e os espaçamentos são coerentes ao longo do documento
  • Equilibrar os blocos de texto com espaçamentos para facilitar a leitura.

3. Divide a informação em secções

A organização do conteúdo é outra fase fundamental neste processo de saber como montar um CV perfeito. É preciso alinhar a informação de forma coerente e que faça sentido.

Habitualmente, um CV inclui as secções “Formação Académica”, “Experiência” e “Contactos”. Mas depois pode variar um pouco, conforme as competências do candidato ou até a área a que concorre. Assim, pode ter tópicos como “Outros Conhecimentos”, “Experiência Adicional”, “Hobbies” ou “Interesses” e “Redes Sociais”.

Além disso, pode ter uma espécie de resumo que sublinhe as principais competências do candidato, destacando aquelas que são as mais-valias para a vaga a que concorre.

Portanto, considera o seguinte na hora de organizar o teu currículo:

  • Define cada secção com um título adequado e um tamanho de letra coerente
  • Ordena as secções da forma que mais te beneficie (se tiveres muita experiência profissional na área a que concorres, coloca essa secção em primeiro plano. Mas se estiveres a sair da Faculdade, evidencia antes a tua formação académica.)
  • Usa a ordem cronológica do mais recente trabalho para o mais antigo para organizares a informação na secção da experiência.

4. Dá palco às tuas conquistas

É importante evidenciar os principais feitos conseguidos ao longo do percurso profissional e/ou académica. Assim, esse trabalho pode ser feito nas secções respetivas que referimos no ponto anterior.

Mas é importante que as destaques da melhor forma. Nesse sentido, fica com esta check-list para conferires se estás no caminho certo:

  • Quantificar as conquistas com números como, por exemplo, percentagens, dinheiro ou outros dados concretos de medida do teu sucesso
  • Usar verbos fortes de ação para evidenciar os teus feitos
  • Associar os sucessos alcançados aos cargos/funções respetivos.

5. Torna-te relevante

O primeiro passo de como montar um CV perfeito para uma vaga de emprego passa por o tornar relevante para as funções que estejam em causa. Assim, deves enaltecer aqueles aspetos que vão ao encontro das necessidades do empregador.

Para isso, deves cumprir alguns requisitos que vamos apontar de seguida:

  • Usa os “chavões”, aquelas palavras importantes, na área de trabalho a que concorres
  • Inclui toda a informação adicional que seja relevante para o cargo em causa (mesmo que sejam part-times ou trabalhos académicos, por exemplo)
  • Escreve um resumo de carreira destacando as competências mais importantes para a vaga.

6. Sê coerente e cuidadoso na escrita

O estilo de escrita é outro aspeto importante para que o teu currículo cative o empregador. É necessário que mantenhas o mesmo tom em todos os campos, por exemplo, usando sempre a primeira pessoa e tomando as mesmas opções em termos da forma como escreves os vários tópicos.

Deste modo, deves procurar:

  • Redigir conteúdos fáceis de ler
  • Escrever frases lógicas e com sentido
  • Evitar erros gramaticais e de sintaxe ou gralhas
  • Resumir a informação sem perder o essencial.

7. Pede uma segunda opinião

Agora que já sabes como montar um CV perfeito, só tens de seguir os tópicos que te apontamos como uma espécie de “guião” para conseguires fazer o teu! E, no final, aproveita para pedir uma segunda opinião a um amigo, pois isso pode ser ótimo para detetar eventuais gralhas ou erros.

Lê ainda: “Como fazer um CV (da forma certa)? Dicas para agarrar aquele emprego de sonho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima