Como pedir um aumento de salário? 4 táticas para o conseguir

Como pedir um aumento de salário

Achas que mereces ganhar mais, mas não sabes como pedir um aumento de salário ao teu chefe? Segue 4 táticas negociais que te vão ajudar a conseguir o que desejas…

Quando nos encontramos naquela situação em que achamos que merecemos um salário melhor, só há duas coisas a fazer: encontrar um novo emprego onde se ganhe mais ou pedir um aumento de ordenado.

Bem, nenhuma das opções é fácil! Ambas exigem esforço e mérito próprio. Mas, no fim de contas, a mudança pode compensar.

Se estás decidido a manter o emprego atual e acreditas mesmo que é hora de pedir um aumento, força nisso! Só tens de saber como agir e até pode ser que o teu chefe concorde contigo e que entenda que mereces, realmente, ganhar mais.

Mas lembra-te de que isso não é algo que se faça num repente. Exige planeamento e preparação. Afinal, tens de convencer o chefe de que o teu trabalho é importante e que mereces mesmo ser recompensado pelo teu esforço.

Além disso, tens de pensar bem no timing do teu pedido. Imagina que a empresa atravessa um mau momento, com problemas para resolver ou dificuldades financeiras… Nesse caso, não é boa ideia pedir um aumento! O mais provável é que leves uma nega e, pior, que ainda fiques mal visto pelas chefias.

Assim, pondera bem o momento e avança apenas quando for a altura certa. O ideal é que abordes o assunto quando, por exemplo, atingires alguma meta importante, ou se a empresa tiver alcançado um grande objetivo ou um ganho financeiro relevante. Aí terás mais hipóteses de ver o teu desejo concretizado.

Aproveita para ler: “Sabes quanto vales no mercado de trabalho? Vê se o teu salário é justo

Como pedir um aumento de salário com 4 táticas de negociação

Saber como pedir um aumento de salário pode nem sempre ser fácil. Só de pensar nisso, pode surgir logo um certo nervosismo! Mas a chave para o sucesso passa por ter um bom plano com dados objetivos e incontestáveis.

A Adecco Portugal reuniu uma lista de táticas negociais que te podem ajudar a chegar a um acordo justo.  É que, ao contrário do que possas achar, muitos empregadores esperam que sejam os colaboradores a abordar o assunto do salário. Assim, se fores adiando a conversa, só terás a perder!

Nesse sentido, espreita quatro táticas de negociação salarial que podem ajudar-te a melhorar o teu salário…

1. Usa uma ferramenta de comparação salarial

Não é boa ideia avançar com uma oferta que esteja muito acima da média do mercado. Mas também não é positivo falar num salário baixo para início da negociação. Portanto, o teu primeiro passo deve ser encontrar uma base salarial justa.

Para isso, procura informar-te sobre os dados salariais atuais do mercado. Há ferramentas de comparação de salários online que te podem ajudar a ter uma ideia do que os profissionais do teu setor ganham.

Usa o salário médio como base e define um intervalo de mais ou menos 500 euros em cada extremo, dependendo do teu nível de experiência e do setor de atividade. Deves basear-te nestes números para negociar um novo salário justo.

2. Prepara-te para mostrares a tua paixão

Lembras-te de todos os pontos que destacaste na tua carta de apresentação e na entrevista de emprego para o teu cargo atual? Muitas dessas competências que sublinhaste para ganhar a vaga de emprego serão muito úteis na hora de negociar um aumento do salário.

Procura reforçar a tua paixão, salientando também como as tuas competências e a experiência ajudaram ao sucesso da empresa.

3. Destaca as tuas principais responsabilidades

O teu chefe estará, naturalmente, ciente do que tu fazes na empresa. Contudo, não custa nada recordar-lhes algumas das tuas principais responsabilidades. Aliás, é um ótimo trunfo para reforçar a tua posição na negociação salarial.

Para isso, faz uma revisão das tuas funções, para teres uma ideia do que é mais relevante. Tenta concentrar-te apenas nas principais tarefas estratégicas ou de gestão que têm mais peso e que melhor valorizam a tua posição na empresa.

Realça as mais-valias conseguidas com o teu trabalho e reforça que estás motivado a continuar a caminhada de sucesso.

4. Faz um brilharete na reunião com o teu chefe

Nos pontos anteriores, percebeste como pedir um aumento de salário quanto ao conteúdo que deves abordar. Contudo, também precisas de te focar na forma, para que a reunião com o teu chefe corra bem.

É importante deixar uma boa impressão, passando confiança e a certeza de que mereces esse aumento que pedes. Tens de dominar o momento, preparando quaisquer cenários que te apareçam.

Se o empregador avançar um número primeiro, vais perceber como foi importante teres pesquisado os salários praticados no mercado. Assim, poderás avaliar desde logo se o valor se encaixa na média do que é praticado. E se estiver dentro das tuas expetativas, está quase todo o caminho feito para obteres um acordo justo.

Contudo, se o empregador te pedir para avançares tu um número, escolhe um ponto de partida dentro das tabelas salariais do teu setor de atividade, das funções e dos anos de experiência.

Quando apresentares esse valor, justifica, de forma resumida, porque chegaste a esse valor. Aqui podes falar dos dados atuais do mercado, citando, por exemplo, as empresas concorrentes.

Se o empregador te apresentar um valor mais baixo do que pediste, ou se mostrar relutância com teu número, puxa dos argumentos dos pontos 1, 2 e 3. Tens de mostrar com clareza porque é que mereces um salário mais alto.

Lembra-te que tanto tu como o empregador estão na mesma equipa. Por isso, só ganhas pontos extra se fores educado nesta negociação salarial. E se tiveres dúvidas, confia nos teus dados e competências na hora de argumentar.

Vê também: “7 profissões técnicas sem canudo, mas com bons salários

E se o chefe disser não?

Se no fim de tudo isto, o teu chefe te recusar o desejado aumento salarial, podes tentar obter outros benefícios como contrapartida, por exemplo, dias de férias extras.

Outra alternativa passará por tentares negociar um prémio monetário, eventualmente ligado a objetivos a cumprir.

Mas também deves perguntar ao teu chefe porquê a recusa, salientando sobretudo que queres saber o que podes fazer para melhorar ainda mais e obter o tal aumento de salário. Desafia-o a apresentar-te desafios para concretizar, o que pode aumentar as possibilidades de conseguires um aumento mais à frente.

Contudo, se te sentires desvalorizado e pouco motivado, o ideal é que procures outro emprego ou profissões para mudar de carreira.

Já sabes como pedir um aumento de salário?

Pedir um aumento de salário pode ser algo assustador. Mas, apesar disso, é importante que o faças se te sentires merecedor disso. Afinal, se não pedires, talvez nunca vejas esse aumento.

Assim, agora que já sabes como pedir um aumento de salário, prepara-te bem, confia em ti e segue em frente. Quem não arrisca, não petisca!

Espreita ainda: “Sabes o que é A Grande Demissão? Vê como afeta o trabalho (e porque até Beyoncé a canta)

 Artigo escrito com base num press release da Adecco Portugal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima