Como saber que curso escolher? 10 passos que ajudam

Como saber que curso escolher?

Ainda não sabes bem que curso escolher para definir o teu futuro profissional? Segue estes 10 passos que te vão ajudar a chegar a uma formação que realmente te interesse, e te faça feliz!

A escolha pelo curso certo é uma dor de cabeça para muitos jovens que não sabem bem que área seguir. É o teu caso? Ainda de debates com dúvidas quanto a que tipo de estudos te queres dedicar? Ou se será melhor começar a procurar um emprego?

Neste guia, vamos ajudar-te a identificar que curso escolher conforme as tuas preferências e objetivos de vida. Repara que fazer a escolha certa vai ajudar-te a ter sucesso, pois sentir-te-ás muito mais motivado para atingir as metas definidas.

Mas como saber que curso escolher e é o certo para mim?

Aproveita as dicas que te deixamos de seguida, com 10 passos que te vão ajudar a decidir que curso escolher, ou mesmo se deves prosseguir os teus estudos para chegares a esse lugar onde serás feliz.

Que curso escolher? Infográfico

1º Passo – Pensa naquilo que gostas de fazer

Antes de mais, precisas de pensar em escolher algo de que gostes. Como é evidente, se Matemática não for a tua praia, não vais escolher um curso na área de Matemática! Seria, evidentemente, um desastre e muito frustrante para ti.

Portanto, deves pensar naquilo que gostas de fazer no teu dia a dia, por exemplo. Será que dá para uma futura profissão?

Imagina que tens um hobby, como o crochê, ou que praticas um desporto como o Judo. Podes equacionar seguir uma carreira como Artesão ou como Professor de Judo ou até Judoca. São profissões perfeitamente viáveis que podem ser as escolhas certas para teres satisfação no trabalho.

2º Passo – Faz Testes Vocacionais para te orientares

Em algum momento do processo, pode ser importante recorrer a ajuda externa para saberes que curso escolher. Uma boa ideia passa por fazer Testes Vocacionais que te vão encaminhar para áreas profissionais mais adequadas ao teu perfil.

Além disso, podes ainda usar o Simulador de Profissões que vai filtrar opções conforme os teus interesses e disciplinas preferidas.

Esse processo de orientação é interessante para poderes encontrar o teu rumo. Por isso, procura ajuda sempre que necessário!

3º Passo – Avalia o que te leva a querer estudar

Existem várias razões que te podem levar a procurar que curso escolher. Antes da entrada na Universidade, esse é um passo habitual, com muitas dúvidas pelo meio. Mas nem só nessa situação de procura por qualificações para um futuro emprego se regista essa busca.

Há pessoas que querem mudar de carreira e que, por isso, procuram cursos para entrar numa nova área. Assim, procuram qualificações, mas também o reconhecimento devido para se valorizarem no mercado de trabalho nessa nova profissão que desejam.

Também há quem procure uma formação para progredir na carreira, com olho numa promoção e num ordenado mais interessante. Neste caso, a aposta será em cursos que garantem competências muito procuradas nas suas áreas de trabalho.

Porém, há ainda quem procure apenas aprender algo mais, longe da sua profissão habitual, como um escape para a tensão do dia a dia de trabalho. Deste modo, estarão em causa cursos que vão ao encontro de uma paixão, ou de um hobby.

4º Passo – Decide que tipo de curso é melhor para ti

Conforme o teu objetivo de estudo, deves fazer escolhas diferentes quanto ao tipo de curso que preferes fazer. Em algumas áreas, é preciso fazer mesmo um curso superior, pois sem ele, não poderás exercer profissões como Professor ou Advogado.

Contudo, em outras áreas, os cursos técnicos profissionais podem ser escolhas mais acertadas, nomeadamente se quiseres ser Soldador ou Chef.

Na verdade, há cursos profissionais que têm quase 100% de empregabilidade e que são procurados pelas empresas para preencherem vagas de emprego. Portanto, podem ser uma boa ideia se não te agradar muito uma formação tão académica.

Aproveita para ler: “Sabias que Personal Trainer é das profissões com maior saída em Portugal? Vê como ser um

Deves avaliar o tipo de cursos que existem para a área/áreas profissionais que identificares como sendo as tuas preferidas. Analisa bem o que oferecem, bem como as tuas características para decidir que tipo de curso será a melhor opção para ti.

5º Passo – Analisa onde podes/queres estudar

Atualmente, até podes decidir como queres estudar, se em modo presencial ou online, ou ainda em b-learning, isto é, num sistema misto entre os dois modelos anteriores. Há ofertas para todos os gostos que deves considerar com cuidado.

No caso de procurares formação presencial, deves também avaliar se queres estudar mais perto ou mais longe de casa. Tens a possibilidade de estudar na tua cidade? Ou tens mesmo de te mudar para outra localidade? E o estrangeiro, é uma possibilidade?

Avalia bem a oferta de cursos, bem como as hipóteses que tens pela frente antes de tomares uma decisão.

6º Passo – Faz contas

Saber que curso escolher também passa por fazer contas à vida. Afinal, não basta sonhar, também é preciso suportar os custos associados ao estudo.

Assim, deves ponderar que hipóteses tens para tomares uma decisão que seja viável em termos financeiros. Pondera as questões associadas às propinas, mas também os valores do alojamento e da alimentação, no caso de ires para longe. Há dinheiro para isso tudo?

Claro que as questões financeiras não devem demover-te de ires atrás do teu sonho. Podes sempre procurar se há bolsas de estudo, pensar em fazer um empréstimo para estudar, ou ainda encontrar um emprego em part-time para ajudares a custear as despesas.

Espreita também: “10 fantásticos empregos de verão para ganhar dinheiro (com diversão)

7º Passo – Identifica aquilo que é mais importante para ti

Nesta fase do processo, é importante que ponderes os diversos fatores envolvidos e que analisaste anteriormente para tomares decisões mais concretas sobre que curso escolher.

Assim, identifica os fatores que são mais importantes para ti. Podes, por exemplo, ponderar aspetos como:

  • A duração do curso: quanto tempo queres estudar?
  • Que tipo de competências/habilidades tenho?
  • Quais são as áreas profissionais mais interessantes para mim?
  • Que skills/competências quero adquirir?
  • Quanto dinheiro tenho para investir na minha formação?

Deves fazer uma listagem dos fatores que são mais importantes para ti, organizando-os por prioridades, para começares a fazer escolhas mais acertadas.

8º Passo – Pesquisa

Agora que já tens um plano mais quero quanto a que curso escolher, é hora de pesquisares tudo o que precisas para fazeres a tua escolha final. Podes começar por procurar informação online, nos sites das entidades de ensino ou consultando as suas redes sociais.

Mas também podes tentar ir a open days que algumas Escolas e Universidades organizam para captarem novos estudantes.

Por outro lado, é sempre boa ideia tentar falar com alunos e antigos alunos, e até professores, dos cursos que te interessam.

A partir de toda essa informação recolhida, deves ir selecionando e descartando possibilidades, tendo em conta as prioridades que definiste anteriormente. Mas também deves considerar se cumpres os requisitos necessários para os frequentar. Repara que alguns cursos podem ter critérios de admissão mais apertados, ou especiais.

No final, deves ficar com uma lista de 4 ou cinco cursos. Aproveita para fazer uma comparação entre eles, com listas de prós e contras para cada um, e pede a opinião dos teus pais e irmãos mais velhos para te decidires.

9º Passo – Candidata-te

Agora que já sabes que curso escolher, ou que tens, pelo menos, mais do que uma ideia de um ou dois cursos que podes seguir, é tempo de pensares em candidatar-te. Podes tentar mais do que um curso, mas lembra-te dos requisitos que tens de cumprir, nomeadamente, eventuais provas de acesso que precises de fazer. Depois disso, só tens de te dedicar com paixão para recolheres os lucros dos teus estudos!

Lê ainda: “Como era a vida de estudante no passado? Descobre dados curiosos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima