Quanto se ganha no Twitter? Foram revelados os salários da rede social

Quanto se ganha no Twitter

Queres saber quanto se ganha no Twitter? Há dados para espreitares e fica já a saber que a rede social paga bem a profissionais de certas áreas. Descobre quais são.

Trabalhar no Twitter, ou em qualquer outra gigante tecnológica, é o sonho de muita gente! E não é para menos porque, afinal, costumam praticar salários bem interessantes, sobretudo no caso de certas profissões.

Essa realidade também é notória no Twitter, onde os trabalhadores ainda têm outros benefícios para lá do ordenado, incluindo a possibilidade de ficarem com ações da empresa.

Mas os ordenados dependem do tipo de trabalho realizado e da experiência no seu sector profissional.

Como saber quanto se ganha no Twitter?

O Twitter contratou mais de 400 empregados no estrangeiro recentemente e, por isso, foi obrigado a revelar quanto lhes paga.

A informação foi comunicada, por imposição da lei, ao Gabinete de Certificação Laboral Estrangeira do Departamento do Trabalho dos EUA e precisa

 de ser divulgada por todas as empresas norte-americanas que contratam trabalhadores de outros países.

Isto porque os salários dos trabalhadores internacionais têm de ser equiparáveis aos dos norte-americanos. É, portanto, uma lei que visa proteger a mão-de-obra do país.

Mas o que nos interessa mesmo é que este dado nos ajuda a saber quanto se ganha no Twitter, afinal!

Podemos, desde já, dizer que a rede social paga bem a certos profissionais, sobretudo a Engenheiros, tal como a maioria das gigantes tecnológicas. Mas também é possível perceber que a empresa tem um sistema de progressão na carreira que inclui os níveis I, II e Sénior, com salários diferenciados conforme o patamar em que cada pessoa está.

Engenheiros e Analistas de Dados entre os mais bem pagos

Quanto a salários propriamente ditos, os dados divulgados pela revista Insider revelam que os Engenheiros de Software estão entre os profissionais mais bem pagos do Twitter. A maioria dos trabalhadores desta área ganha entre 138 mil e 210 mil dólares anuais (ou seja, entre 140 mil e 214 mil euros). Mas os mais experientes podem chegar a auferir 332 mil dólares por ano (mais de 338 mil euros).

Os Desenvolvedores de apps têm salários que vão dos 135 mil aos 195 mil dólares anuais (entre 137 mil e quase 199 mil euros).

Já os Engenheiros de Inteligência Artificial e Machine Learning ganham entre 139 mil e 255 mil dólares por ano (141 mil e 260 mil euros respetivamente).

Para os Engenheiros de Segurança da Informação, os ordenados são entre os 148 mil e os 205 mil dólares anuais (entre 150 mil e 209 mil euros).

A área do Data Analytics também é uma das mais bem pagas, o que reflete a importância que as estatísticas têm para a empresa. Assim, no nível I, um Analista de Dados pode ganhar 122 mil dólares (mais de 124 mil euros), mas passando para o nível II pode subir para os 130 mil dólares (mais de 132 mil euros). Já um Sénior pode começar a ganhar 170 mil dólares (cerca de 173 mil euros), mas evoluir para alcançar uns 191 mil (quase 195 mil euros).

Um Cientista de Dados / Data Scientist, por seu lado, pode ter um ordenado entre os 130 mil e os 191 mil dólares (entre 132 mil e quase 195 mil euros).

Os Gestores de Projeto e de Produto têm salários entre os 170 mil dólares (cerca de 173 mil euros) no nível I e os 210 mil dólares anuais (à roda de 214 mil euros) quando chegam ao patamar de Sénior.

Apoio ao Cliente entre os mais mal pagos

Em outros dados revelados anteriormente, tinham sido noticiados os salários médios dos seguintes departamentos:

  • Apoio ao Cliente – 49 mil dólares anuais (quase 50 mil euros)
  • Finanças – 68 mil dólares anuais (cerca de 69 mil euros)
  • Operações – 69 mil dólares anuais (cerca de 70 mil euros).

Musk tem até 28 de outubro para comprar Twitter

Nesta altura, as novas contratações estão congeladas no Twitter no âmbito do interesse na compra da rede social manifestado pelo magnata e visionário Elon Musk.

Mas, ainda assim, podes espreitar no site Twitter Careers as oportunidades de emprego que estão em aberto na empresa em todos os países do mundo. E poderás também apresentar a tua candidatura a essas vagas de emprego.

Contudo, os tempos podem não ser ideais para entrar no Twitter, confiando nas notícias mais recentes. É que se a compra do Twitter avançar, Musk terá planos para despedir 75% dos funcionários da rede social, segundo avança o The Washington Post. A ideia do magnata será passar de uma força de trabalho de 7500 pessoas para apenas 2000.

Musk tem até ao próximo dia 28 de outubro para fechar a compra do Twitter por 44 mil milhões de dólares (quase 45 mil milhões de euros). Mas ainda não se sabe como vai ele pagar esta generosa quantia.

A Reuters noticia que Musk pode obter financiamento junto de bancos como o Morgan Stanley e o Bank of America Corp.. Mas também pode ter o apoio de outros investidores, incluindo do cofundador da Oracle, Larry Ellison, e do príncipe saudita Alwaleed bin Talal.

Musk é o homem mais rico do mundo com uma fortuna de 219 mil milhões de dólares (mais de 223 mil milhões de euros), segundo a Forbes. Mas muita da fortuna do empresário de 51 anos está associada às suas ações nas empresas Tesla e Space X.

A Reuters calcula que Musk tem, nesta altura, “cerca de 20 mil milhões de dólares (à roda de 20,4 mil milhões de euros) em dinheiro”. O magnata vendeu, nos últimos tempos, parte das suas ações na Tesla.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima